Transformação Digital não é apenas sobre TI, entenda

líder digital
Líder Digital e Tradicional: Principais Diferenças
10 de abril de 2018
inovação nas empresas
Inovação nas empresas: adapte seu negócio à Transformação Digital
27 de abril de 2018
Exibir tudo

Transformação Digital não é apenas sobre TI, entenda

Transformação Digital

Transformação Digital

Quando falamos em transformação digital (TD) – e talvez por estar conectada com questões tecnológicas – logo pensamos na área de TI. Termos como software, hardware e banco de dados invadem o nosso pensamento e, dependendo do nível de conhecimento que temos sobre o assunto, fica complicado conseguir criar um link entre a TD e outros ramos de atuação.

Acontece que a transformação digital envolve muito mais do que o ramo de informática e tecnologia. É um movimento que engloba todas as organizações que estão, de alguma forma, em busca de resultados lucrativos que podem ser obtidos através de algum tipo de serviço disponibilizado na web.

Exemplificando de forma bem singela, se a sua empresa utiliza o Google Drive ou algum outro tipo de serviço digital para se comunicar com seus clientes ou internamente, você também faz parte dessa mudança global.

Por ter alcance tão amplo e possibilidades infinitas de utilização e crescimento, a transformação digital oferece benefícios para organizações jovens e antigas, grandes ou pequenas, da área da saúde à contabilidade. É como uma enorme rede que consegue interligar tudo e todos e, com isso, oferecer a cada um as vantagens que necessitam para um melhor desenvolvimento no mundo corporativo.

Podemos afirmar, portanto, que a TD é democrática. Atende a qualquer empresa, independentemente do segmento de atuação. Prova disso é a existência de planos gratuitos e planos de assinatura sob medida, adaptáveis às exigências e aos objetivos de cada usuário.

Transformação Digital é trabalho em equipe

Agora que você já sabe que todos os benefícios da TD também podem ser aplicados no seu negócio, precisamos abordar um assunto importantíssimo relacionado à implementação da nuvem e de outros serviços online nas organizações.

Para que funcione de acordo com as expectativas, não é somente o CEO ou CMO que precisam se envolver com esse processo de mudanças. A responsabilidade da gestão desse processo deve, sim, partir dos líderes administrativos, claro. Mas o envolvimento de todos os colaboradores é essencial.

Modificar hábitos e tradições nunca é fácil. Mas, nesse caso, torna-se indispensável. É preciso abrir a mente para o novo e mergulhar com tudo na adaptação da cultura empresarial.

Para que a transformação digital funcione seguindo os objetivos traçados e realmente entregue resultados mais lucrativos e de acordo com o mercado, a empresa deve seguir alguns passos importantes, de acordo com Nicholas D. Evans. São eles:

  • Novo sistema de gestão: as mudanças digitais, por necessitarem de adaptações, podem requerer novos cargos, funções e remanejamento de colaboradores. Lembre-se que a transformação digital gera bons frutos à empresa como um todo. Por isso, não é só a equipe de TI que deve estar incluída nesse processo.
  • Novo modelo de negócio: tudo muda na rotina empresarial com a implantação da TD e um modelo de negócios que inclua essa nova forma de gerenciamento é fundamental. Entender as novas demandas da organização e trabalhar para suprir essas necessidades com foco nos objetivos traçados é um dos pilares mais importantes da transformação digital.
  • Relacionamento com o cliente: a comunicação na web é mais ágil e lida com clientes mais exigentes e participativos. É preciso rever a prática de relacionamento com o público-alvo da empresa para não causar frustrações ou mau entendidos.
  • Forte cultura de aprendizado: treinamentos, atualizações e pesquisas constantes. Manter-se atualizado sobre as últimas tendências de mercado e inserir novas tecnologias na rotina dos colaboradores faz parte da estratégia de marketing. Mas atenção: analise quais das opções se adequam melhor ao modelo de negócio antes tomar decisões impulsivas demais.

Parece trabalhoso. E é! Mas se o número de empreendimentos que adotam as funcionalidades online cresce sem parar, é sinal de que toda essa mudança vale a pena.

 

Quer ver alguns exemplos práticos?

 

Um ambiente de trabalho digital otimiza – e muito – o tempo dos colaboradores. As funcionalidades são diversas e funcionam como um ajudante pessoal para cada um que se arrisca a utilizar a tecnologia a seu favor.

O Gmail, por exemplo, gerencia os e-mails enviados e recebidos de forma que sua caixa de entrada nunca estará cheia, pois não armazena dados locais, mas sim na nuvem. Se você estiver atrasado para uma reunião, aquela apresentação de slides que você preparou pode ser acessada através do smartphone para os últimos ajustes.

Está trabalhando conjuntamente com um colega em um novo projeto? Vocês dois podem acessar e alterar um mesmo arquivo, fazendo edições em tempo real. E quando for complicado encontrar um horário em que todos possam comparecer para um brainstorming, o Google Agenda coordena isso sozinho, coordenando a produtividade dos envolvidos e encontrando o melhor momento para juntar a equipe.

A transformação digital é realmente incrível e vem modificando a nossa forma de lidar com a comunicação. Não à toa, 90% de todos os dados e informações armazenados existentes no mundo foram gerados nos últimos dois anos. Hoje, existem cerca de 7 bilhões de dispositivos móveis em uso. Já reparou que é o mesmo número de habitantes do planeta?

Sabe o que isso quer dizer? Que está todo mundo tentando conseguir um cantinho para firmar a sua presença online e, para que a transformação digital entregue os resultados esperados, não é só o setor de TI que precisa se envolver com essa mudança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *